13
Aug
Famosos e Lendas.  | 

Elvis morto: Sim ou não?

No dia 16 de agosto de 1977 na cidade de Memphis, Tennessee EUA, morria o cantor e intérprete Elvis Aron Presley, considerado o “Rei do Rock’n’Roll”.
A morte se deu, segundo o atestado de óbito, por arritmia cardíaca. Um gigantesco aparato se deu nas cerimônias antes, durante e após o seu enterro, comovendo todo o país.

O slogan “Elvis não Morreu!” é muito conhecido e bastante utilizado, tanto pelos que com sinceridade acreditam nisto, como com fins comerciais pelos detetores dos direitos sobre a imagem e a obra do artista. Mas resta agora saber, se ele está vivo ou morto! ?

As Aparições de Elvis após sua morte
Inúmeros são os relatos da aparição de Elvis durante algum tempo após a sua morte. Não há como provar tais aparições. Pelo menos ninguém ainda o fez. Além disso, Elvis é o artista mais imitado do mundo (os imitadores são conhecidos como “Elvis Impersonators”), o que certamente concorreria para confundir e mascarar tais aparições.

Motivos para sumir
Elvis era refém de seu sucesso. Sua vida tinha se tornado um peso muito grande para ele, com uma sucessão de turnês, entrevistas, contratos de gravações e outros compromissos que passaram a incomodá-lo. Estes fatos foram relatados antes de sua suposta morte por muitos de seus mais próximos conviventes.

Além disso, há testemunhos de que ultimamente ele estava recebendo ameaças de morte por um grupo mafioso, por motivos não muito claros.

E as curiosidades?
- O sumiço do atestado de óbito original. O atestado que hoje é conhecido foi expedido dois meses após a sua alegada morte.

- O caixão de Elvis pesava 900 libras (em torno de 408 quilos) e tinha sistema interno de ar-condicionado. Para construir tal caixão seria necessário mais de um mês, e não havia como estar disponível imediatamente após a sua morte.

- O atestado de óbito indica um peso corporal diferente do que ele possuia na última vez que foi visto em público – 170 libras (em torno de 75 quilos) ao invés das aparentes 250 libras (em torno de 110 quilos) calculados em sua última aparição em público.

- A inscrição grifada de seu nome no túmulo: “Elvis Aaron Presley”, difere de seu nome real de registro “Elvis Aron Presley” (Lembrar que o pai e a avó materna de Elvis estavam ainda vivos quando foi anunciada a sua morte, e certamente erro tão grosseiro não passaria despercebido).

- O seu pedido em vida de ser enterrado à direita de sua mãe, que não foi cumprido (Lembrar que Elvis era extremamente supersticioso e as pessoas a sua volta certamente não deixariam de cumprir um desejo seu, mesmo após a sua morte).

Cabe a cada um, tirar suas próprias conclusões.

Vídeo: Elvis Presley – My Way




  1. 1 Viiiiiii 11-23-2009

    Elvis não morreu

  2. 2 info product killer 4-10-2013

    You could certainly see your skills in the work you write. The world hopes for even more passionate writers like you who aren’t afraid to mention how they believe. At all times follow your heart.

Comentar: